MOVIMENTOS SOCIAS E AS MULHERES DO PHS

A Convenção Nacional do PHS, realizada em Brasília, nos dias 02 e 03 de novembro último, marcou nova linha divisória do Movimento de Mulheres do partido, com a posse do novo Diretório Nacional e da Executiva Nacional do PHS.

Coube a mim, fazer a abertura do evento que antecedia a Convenção Nacional do PHS, com exposição de motivos do que construímos ao longo do tempo, até as vésperas da Convenção.

Leia também: As relações do Movimento de Mulheres e os desafios das Secretarias/Núcleos de mulheres de partidos políticos.

Tivemos a apresentação de vídeo sobre a militância institucional e uma Carta Aberta às Mulheres Solidaristas com propostas a serem discutidas e aprovadas pelas participantes.

É bom que todos saibam que o “partido político” depende da atuação dos “movimentos internos” que funcionam como uma válvula propulsora para oxigenar o partido e, dessa forma “funcionar bem”.

O partido político que tiver nas suas instâncias de atuação: movimentos de juventude, negro, mulheres, idoso, donas de casa, homossexuais ou afins , de funcionários públicos, sindicatos, e de associações de moradores, é um partido pujante, vivo e atuante.

Não queremos um partido de ‘mentirinha de faz de conta’ que só existe no papel, cujo o objetivo é lançar candidatos e candidatas a vereadores e a deputados. Queremos sim: um partido que tenha a sua orientação programática na atuação dos “movimentos sociais”, sem a cooptação de suas lideranças.

A Missão do PHS Mulher, além da observância do estatuto e dos princípios do PHS, incluiremos em nossa militância a defesa Intransigente dos Direitos da Mulher como forma de abolir a discriminação ao gênero feminino, e, por conseguinte, resolver as desigualdades sociais, dando maior oportunidade à mulher no pleno emprego, contra a violência e maior equilíbrio nas relações de poder, sejam na representação nas esferas da “Direção Interna do Partido”, como também - “Mandatárias de Representação nos Cargos Proporcionais e Majoritários.”

Pretendemos que o PHS Mulher tenha uma atuação em todos os Municípios da Federação. Na verdade estamos falando de uma militância nos 5.665 municípios brasileiros. Já iniciamos a organização do PHS Mulher com “Direções Provisórias” numa articulação com diretórios regionais.

Onde não houver “embrião de movimento de mulheres”, articularemos com os Diretórios Regionais, “encontros de mulheres” e a indicação da presidente provisória. Desses encontros pretendemos que saíam às “teses da atuação do movimento de Mulheres” para apresentarmos na Convenção Nacional das Mulheres Solidaristas que irá ocorrer em abril de 2013.

Já encaminhamos ao Presidente Nacional do PHS, Sr. Eduardo Machado, as novas Diretrizes, Estatuto e Regimento Interno que marcará a atuação do Movimento de Mulheres. Logo que aprovado será publicado uma Resolução Conjunta assinada por mim e o Presidente Nacional que possibilitará à militante mulher do Oiapoque ao Chuí do Brasil, mudar a nossa história.

O PHS elegeu nessas últimas eleições 544 vereadores – 65 são mulheres , além de 5 Prefeitas e 4 Vice-Prefeitas, demonstrando que o PHS tem democracia interna e privilegia o papel da Mulher.

No plano governamental, defendemos a Criação da Secretaria da Mulher, entre outros projetos a serem aplicados pelos governantes solidaristas.

O nosso povo pode ter certeza que a nossa atuação na “administração pública”, não será movida por nepotismo ou por corrupção. Fomos pra rua, vestimos a camisa e vencemos. Agora está na hora de partirmos para as ações práticas atendendo ao clamor das urnas. Para que isso ocorra precisamos evoluir internamente através de encontros e em conferências para materializar as demandas dos movimentos sociais.

O PHS é o partido que tem sintonia com a sua época – chegou a nossa vez. Você deve estar se perguntando por que fazemos política ou pretendemos ocupar espaço no poder? É simples: porque queremos transformar radicalmente a nossa realidade e a forma para isso é fazer política solidarista.

O povo brasileiro elegeu a primeira presidente mulher nos seus 512 anos de existência. O PHS em 2014 pretende lançar candidatas mulheres a governadoras e senadoras como forma de estimular a participação do movimento de mulheres. Vocês sabem que “Votar na mulher”, ´num país ainda um pouco machista como é o Brasil e com pouca representação feminina no “Congresso Nacional” é tarefa hercúlea.

Lutamos e defendemos também, dentre outras ações, a inclusão dos portadores de deficiência como candidatos a cargos no legislativo e executivo. Norteamos nossas ações pelos princípios basilares da Constituição da República Federativa do Brasil, que é o princípio da impessoalidade, imparcialidade, moralidade e publicidade que devem nortear a atuação das políticas públicas. Viva as Mulheres Brasileiras. Viva a democracia participativa em nosso Brasil. Viva as Mulheres Solidaristas.



ITAMARCIA MARÇAL
PRESIDENTE PHS MULHER NACIONAL

2221-1798
contato@itamarcia.com.br

Filie-se a ASFUNRIO
Apenas R$9,60

ASFUNRIO - Trabalhando Por Você!
Departamento Jurídico
Consulta com hora marcada

Ligue:
2524-0067 - 9857-1741
e-mail: asfunrio@asfunrio.org.br
Copyright© 2002/2012 - ASFUNRIO - Associação dos Servidores da SMDS e Fundo Rio
Visualização Mínima 800x600 melhor visualizado em 1024 x 768
Web Designer: Leonardo Lopes