ENTREVISTA COM VICE-PREFEITO ADILSON PIRES


Bastidores do Poder

Jornal online Asfunrio: Adilson Pires, você vem de seis mandatos de vereador, agora assume o cardo de Vice-Prefeito, acumulando com a Secretaria de Assistência Social, foi rápida, fácil essa trajetória?

Vice - Prefeito, Adilson Pires: Rápido não, foram 24 anos nessa trajetória e mais de trinta anos de atividade política. Agora eu estarei desenvolvendo outro papel no executivo. Acredito e espero ajudar o prefeito Eduardo Paes, para que possamos fazer o Rio, uma cidade cada vez mais maravilhosa para todos. Tanto pra quem vem para zona sul, zona norte, zona oeste, para todo Rio. Serei um parceiro do prefeito e dos cariocas.

Jornal online Asfunrio: Adilson Pires, temos informação que o senhor vai revolucionar a SMAS, e já esta em vistas, mudar para SMDS. O alinhamento com o Governo Federal, estadual vai impulsionar o Desenvolvimento Social no Rio?

Vice - Prefeito, Adilson Pires:
Nós não vamos mudar só o nome da secretaria. O foco da secretaria vai ser a defesa do ser humano e do Desenvolvimento Social. E a partir daí, acredito que em quatro anos, reduzir as desigualdades e criar condições para que as pessoas que vivem em áreas de vulnerabilidade, população de rua, dependentes químicos, principalmente de CRACK, possam contar com a ajuda da prefeitura e reencontrar o caminho da felicidade. Esse será o meu esforço.

Jornal online Asfunrio: Obrigado

ENTREVISTA COM VEREADOR REIMONT

Jornal online Asfunrio: Vereador Reimont, o Sr. foi o vereador mais votado do (PT), nas eleições de 07 de outubro de 2012. Como vai se a sua atuação no parlamento com o Prefeito Eduardo Paes?

Vereador Reimont: Primeiramente eu queria agradecer aos eleitores que me conduziu ao parlamento e dizer que queremos aprofundar as bandeira as lutas dos movimentos sociais, que fizemos durante os últimos quatro anos. Queremos dizer que aqui na CMRJ, teremos autonomia e não alinhamento com o governo do Eduardo Paes. Nós discutiremos, debateremos no sentido de manter acesa a prerrogativa da CMRJ, que é de produzir legislação e fiscalização às ações do executivo. Vamos trabalhar com o tema da moradia, educação, com a situação da população de rua e do comércio ambulante, vamos pra frente. A população que nos votou, espera mais coerência, transparência e ética do nosso partido.

Jornal online Asfunrio: Como vai ser a atuação do (PT) com Lindberg e com o (PMDB) de Eduardo Paes, já que seu partido lançou o senador de seu partido ao Governo do Estado. Esse lançamento não pode rachar a aliança aqui no Rio?

Segundo matérias veiculadas na Imprensa, o Senador Lindberg, afirmou que: ''chegou o momento do PT, mostrar a sua cara e parar de ser escada para o PMDB, que indicou o Vice Governador, Pezão, para concorrer ao cargo de governador em substituição ao Sérgio Cabral'', é verdade?

Vereador Reimont: Eu concordo em tudo que o Senador Lindberg falou com relação à sucessão em 2014. De fato, o (PT) do Rio já ficou muito a margem para o (PMDB) governar tanto no município do Rio como no Estado. Então em 2014 será o nosso momento, não tenho duvida disso. Não significa com isso um racha na política nacional, onde temos alinhamento com o (PMDB). O governo Federal poderá continuar fazendo aliança com o (PMDB). Mas no Rio, essa aliança poderá continuar, porém, a cabeça de chapa é do (PT). O nosso candidato ao Governo é o Senador Lindberg Farias e queremos o (PMDB) com o (PT), sem nenhum problema.

Jornal online Asfunrio: Obrigado.

Entrevista: Reinaldo Cunha

 

Filie-se a ASFUNRIO
Apenas R$9,60
ASFUNRIO - Trabalhando Por Você!
Departamento Jurídico
Consulta com hora marcada

Ligue:
2524-0067 - 9857-1741
e-mail: asfunrio@asfunrio.org.br
Copyright© 2002/2013 - ASFUNRIO - Associação dos Servidores da SMDS e Fundo Rio
Visualização Mínima 800x600 melhor visualizado em 1024 x 768
Web Designer: Leonardo Lopes