CESAR MAIA SERÁ OPOISÇÃO NA CMRJ?


Bastidores do Poder

Não foi o que o demonstrou o resultado das Eleições para a Mesa Diretora da CMRJ, que contou com 47 votos contra 4 de oposição a Nova Mesa. Quem esperava que o Ex. prefeito Cesar Maia, e a bancada do PSOL, montassem uma chapa de oposição, ficaram estarrecidos. A bancada do DEM, não só votou na chapa de Paes, como compões com a escolha da nova Mesa Diretora, no cargo de segundo secretario, com o vereador Carlo Caiado.

A composição da Mesa Diretora ficou assim:
Presidente - Jorge Felippe (PMDB); 1º Vice-Presidente - Luiz Carlos Ramos (PSDC); 2º Vice-Presidente - Leonel Brizola Neto (PDT); 1º Secretário - Dr. Jairinho (PSC); 2º Secretário - Carlo Caiado (DEM); 1º Suplente - Renato Moura (PTC); e 2º Suplente - Laura Carneiro (PTB).

Na verdade quem ficou na oposição ao prefeito Eduardo Paes, foi a bancada do PSOL, formada pelos vereadores: Paulo Pinheiro, Renato Cinco, Jeferson Moura e Eliomar Coelho.

Em tese: a oposição de esquerda na Câmara dos vereadores do Rio de Janeiro será formada por apenas pelos 4 vereadores do PSOL. Quem esperava a adesão do Brizola Neto do PDT, que tem se manifestado em algumas votações na oposição ao atual prefeito, se decepcionaram com placar eletrônico, mostrando um grande conchavo de bastidores, onde o PDT, ocupou a 2ª Vice–presidência.

E como ficara a ala do Ex. Governador Garotinho, de “oposição de direita” formada pelo PR, de Verônica Costa e Macio Garcia. Será que vai compor com Paes? Tudo indica que sim. Segundo pessoas próximas a bancada, eles não podem ficar isolados na oposição, porque representaria um risco muito grande no atendimento das demandas de seus eleitores.

Só resta perguntar se o DEM (Cesar Maia, Tio Carlos e Carlo Caiado) tem bala na agulha para ser oposição ou fazer, ou fingir de conta que são oposição?

O vereador Carlo Caiado em entrevista ao Jornal online ASFUNRIO, disse que o Ex. Prefeito Cesar Maia, por ter passado pelo Executivo, vai se transformar em forte ferramenta, e questionar na CMRJ, os projetos apresentados pelo município, como por exemplo: o orçamento. Caiado concluiu dizendo que apóia o Museu do Índio e a Escola Friedenreich e que votara a favor contrariando o Prefeito Eduardo Paes.

E o PSOL, conseguirá dar visibilidade a sociedade com forte oposição ao prefeito Eduardo Paes? Segundo o Vereador Paulo Pinheiro e Renato Cinco. O PSOL vai ter que suar a camisa para dar uma resposta a sociedade, que votou nos candidatos do partido. Isso porque o prefeito tem maioria absoluta na CMRJ, e seu aceno é como um rolo compressor. Quem viu as votações na Câmara, viu que o Líder do Governo, basta levantar a mão para a bancada votar a favor ou contra.


Texto: Reinaldo Cunha

 

Filie-se a ASFUNRIO
Apenas R$9,60

ASFUNRIO - Trabalhando Por Você!
Departamento Jurídico
Consulta com hora marcada

Ligue:
2524-0067 - 9857-1741
e-mail: asfunrio@asfunrio.org.br
Copyright© 2002/2013 - ASFUNRIO - Associação dos Servidores da SMDS e Fundo Rio
Visualização Mínima 800x600 melhor visualizado em 1024 x 768
Web Designer: Leonardo Lopes